SOBRE

Cartas ao Prefeito: São Paulo

30 de Julho – 27 de Agosto, 2016 | Pivô Arte e Pesquisa, São Paulo, Brasil

Cartas-ao-Prefeito-press-release-710px

O Pivô Arte e Pesquisa e a Storefront for Art and Architecture apresentam a exposição Cartas ao Prefeito: São Paulo, com a curadoria dos arquitetos Bruno de Almeida e Fernando Falcon.

A exposição faz parte de um projeto mundial concebido pela Storefront for Art and Architecture e intitulado Letters to the Mayor, uma mostra itinerante que já aconteceu em cidades como Nova Iorque (E.U.A.), Atenas (Grécia), Bogotá (Colômbia), Buenos Aires (Argentina), Cidade do Panamá (Panamá), Cidade do México (México), Taipei (Taiwan), entre outras. Em cada uma destas cidades foi exposto um conjunto de cartas que cinquenta arquitetos locais escreveram para o seu Prefeito, expressando suas ideias, opiniões e expectativas para a cidade.

A edição de São Paulo acontecerá estrategicamente durante a corrida eleitoral para a prefeitura da cidade. As cartas serão exibidas no Pivô Arte e Pesquisa, no icônico edifício Copan no coração de São Paulo, numa exposição gratuita e aberta ao público, com um intenso programa de debates e palestras que acontecerão durante todo o mês de Agosto. Posteriormente todas as cartas expostas serão enviadas para o gabinete do Prefeito.

Ao trazer um conjunto de vozes e ideias relevantes para a consciência pública e também para as agendas e mesas dos candidatos, a exposição pretende intensificar a discussão sobre a cidade em um período em que decisões cruciais sobre o seu futuro e desenvolvimento devem ser tomadas, em meio a um complexo momento político e econômico no país.

O grupo de arquitetos e instituições convidados apresenta um recorte variado das nuances que a disciplina arquitetônica pode conter, incluindo tanto nomes destacados quanto emergentes que atuam em áreas como a prática de projetos, acadêmica, teórica, crítica, artística e curatorial.

23 Sul (André Sant’Anna, Gabriel Manzi, Ivo Magaldi, Lucas Girard, Luís Pompeo, Luiz Florence, Moreno Garcia, Tiago Oakley), Abílio Guerra, Aflalo/Gasperini Arquitetos (Roberto Aflalo Filho, Luiz Felipe Aflalo, Grazzieli Gomes, José Luiz Lemos), Agnaldo Farias, Andrade Morettin Arquitetos (Vinicius de Andrade, Marcelo Morettin), Apiacás Arquitetos (Anderson Freitas, Acácia Furuya, Pedro de Barros), AR Arquitetos (Marina Acayaba, Juan Pablo Rosenberg), Boldarini Arquitetos Associados (Marcos Boldarini, Lucas Nobre), Carlito Carvalhosa, Carlos Alberto Cerqueira Lemos, Ciro Pirondi, Cristiano Mascaro, Ermínia Maricato, FGMF (Fernando Forte, Lourenço Gimenes, Rodrigo Marcondes Ferraz), Francesco Perrotta-Bosch, Francisco Spadoni (Spadoni e Associados Arquitetura), Gabriel Kogan, GrupoSP (Alvaro Puntoni, João Sodré), Guilherme Wisnik, GTA (Grupo Técnico de Apoio) + MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), Héctor Vigliecca (Vigliecca & Associados), Hereñú e Ferroni Arquitetos (Pablo Hereñú, Eduardo Ferroni), Hugo Segawa, Instituto Pólis (Margareth Uemura, Natasha Menegon), José Armênio (Instituto de Arquitetos do Brasil), Laura Sobral, Ligia Nobre + Coletivo UAP, Lizete Rubano, Lucas Simões, Luis Espallargas Gimenez, Marcio Kogan (Studio MK27), Marcos L. Rosa + Julia Masagão, Maria Cristina da Silva Leme, Martin Corullon (Metro Arquitetos Associados), MMBB Arquitetos (Milton Braga, Marta Moreira) + Fernando Martines + Luís Antônio Jorge, Mônica Junqueira de Camargo, Nadia Somekh, Nitsche Arquitetos (Lua Nitsche, Pedro Nitsche, João Nitsche, André Scarpa), Observatório de Remoções, Paulo Caruso, Piratininga Arquitetos Associados (João Beugger, José Armênio, Marcos Aldrighi, Renata Semin), Regina Meyer, Renato Cymbalista, Rodrigo Cerviño Lopez (Tacoa), Sérgio Ferro, SIAA (Cesar Shundi Iwamizu, Eduardo Gurian), Silvio Oksman (Oksman Arquitetos Associados), Terra e Tuma (Danilo Terra, Pedro Tuma, Fernanda Sakano), Triptyque Architecture (Carolina Bueno, Grégory Bousquet, Guillaume Sibaud, Olivier Raffaëlli), Vão Arquitetos (Anna Juni, Enk te Winkel, Gustavo Delonero), Vera Pallamin e Vitor César.


Sobre a Storefront for Art and Architecture:
SFNYC-04-815

Storefront for Art and Architecture, fundada em 1982 por Kyong Park, em Nova Iorque, E.U.A, é uma instituição comprometida com o avanço de posições inovadoras e críticas, tal como um fórum aberto para experimentos que impactam no entendimento e no futuro das cidades, território e vida pública. Seu programa de exposições, eventos, concursos, publicações e projetos especiais possibilita uma plataforma alternativa de diálogo e colaboração que atravessa as fronteiras disciplinares, ideológicas e geográficas.

Ao longo de sua história, a Storefront propôs a investigação de questões sociais críticas tais como habitação de inte­resse social (1984), os sem-teto (1985), identidade de gênero (1994) e também respondendo aos conflitos e movimentos geopolíticos e econômicos tais como a Guerra do Golfo, a questão Israel-Palestina e o Occupy Wall Street, oferecendo a arquitetos e artistas a oportunidade de apresentar novas ideias e expor trabalhos inovadores. Mais de mil arquitetos e artistas reconhecidos internacionalmente já participaram dos projetos da Storefront, incluindo Peter Cook, Diller+Scofidio, Tony Feher, Dan Graham, Coop Himmelblau, Alfredo Jaar, Kiki Smith, Lebbeus Woods, Enric Miralles e Carme Pinós, Eyal Weizman, Bjarke Ingels, Didier Fiuza Faustino, entre outros.

http://storefrontnews.org


Sobre o Pivô:
PIVO-exterior_©-Ricardo-Alcaideespaço-novo-4-705x345

O Pivô, fundado em 2012, é uma associação cultural sem fins lucrativos que atua como plataforma de experimentação para artistas, curadores, teóricos, estudantes e público em geral. Tem por objetivo propor questionamentos críticos no campo das artes visuais, arquitetura, urbanismo e outras áreas da cultura, disponibilizando um espaço de exposição, investigação e intercâmbio de propostas artísticas nos âmbitos nacional e internacional. Sua programação é ampla e contempla exposições, residências artísticas, intervenções, cursos, debates e palestras. Em três anos, a instituição realizou mais de 30 projetos, acolhendo em média 210 artistas de 15 países diferentes e recebeu mais de 30 mil visitantes.

http://www.pivo.org.br


Sobre os curadores:

brunoBruno de Almeida

1987, Brasil. Arquiteto graduado pela Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto, Portugal. Mestre em Arquitetura pela Accademia di Architettura della Svizzera Italiana, Mendrisio, Suíça. Trabalhou como arquiteto em Londres, Reino Unido. Foi assistente curatorial no Instituto de Investigação Independente da Fondazione Archivio del Moderno, Mendrisio, Suíça. É o criador e curador do SITU (www.projetositu.wordpress.com), uma plataforma de pesquisa que promove uma discussão sobre o potencial diálogo entre arte, arquitetura e cidade, através de uma sequência de obras site-specific, comissionadas a artistas contemporâneos para o exterior do edifício Galeria Leme (São Paulo, Brasil), projeto de Paulo Mendes da Rocha.

fernandoFernando Falcon

1977, Brasil. Arquiteto graduado pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo em 2001, é sócio do escritório Tacoa Arquitetos desde 2005. Dentre os projetos do escritório estão as galerias de arte Fortes Vilaça (2008) e Luisa Strina (2011), a associação cultural Pivô (2013), o conjunto residencial Vila Aspicuelta (2013), o concurso para a sede do MIS-RJ (2009) e as expografias das mostras Arte-Vida (2014), 31º Panorama da Arte Brasileira (2009) e Casa 7 no Pivô (2015), dentre outros. O escritório Tacoa também fez parte da seleção para o 33º Panorama da Arte Brasileira (2013) e desenvolveu a instalação Jardineira (2015) como centro da exposição Liga 18 para a galeria Liga DF na cidade do México.


Realização:

captura_de_tela_2015-07-02_as_10.21.32_1Storefront_logo

Anúncios