Paulo Caruso

carta-paulo-caruso-1_1420px carta-paulo-caruso-2_1420px


Paulo-CarusoPaulo José de Hespanha Caruso (São Paulo SP 1949). Caricaturista, ilustrador, chargista e músico. Paulo Caruso, irmão gêmeo do também caricaturista Chico Caruso (1949), forma-se, em 1976, em arquitetura pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo – FAU/USP, porém, não segue a carreira. No final da década de 1960, inicia-se como chargistas no Diário Popular. Nos anos 1970, colabora com O Pasquim, ao lado de Millôr Fernandes (1923), Jaguar (1932) e Ziraldo (1932). Em 1981, com Alex Solnik, inaugura a página de humor Bar Brasil, na revista Careta, e que tem continuação, nos anos seguintes, na revista Senhor. A partir 1988, publica na revista Isto É, a coluna de humor Avenida Brasil. Em ambas as colunas, Caruso faz circular caricaturas de personalidades brasileiras das décadas de 1980 e 1990, sintetizando com sátira e humor vários momentos da história política do país. Paralelamente ao desenho, dedica-se à composição musical e à produção de espetáculos de música e de teatro. Em 1985, por ocasião do Salão Internacional de Humor de Piracicaba, forma a banda Muda Brasil Tancredo Jazz Band, com participações do irmão, de Cláudio Paiva, de Aroeira, de Luis Fernando Veríssimo (1936), entre outros. Nos shows, a banda interpreta músicas de cunho humorístico e com sátira política. Em 1998, lança o CD Pra seu Governo. Entre os livros que publica, destacam-se: As Origens do Capitão Bandeira, 1983; Ecos do Ipiranga, 1984; Bar Brasil, 1985 e São Paulo por Paulo Caruso – Um Olhar Bem-Humorado sobre esta Cidade, 2004.


Paulo José de Hespanha Caruso (São Paulo SP 1949). Caricaturist, illustrator, cartoonist and musician. Paul Caruso, twin brother of cartoonist Chico Caruso (1949), graduated in 1976 in architecture from FAU-USP – FAU / USP, however, he did not follow this career. In the late 1960s, he starts working as a cartoonist in the Diário Popular. In the 1970s, he works for O Pasquim alongside Millôr Fernandes (1923), Jaguar (1932) and Ziraldo (1932). In 1981, Alex Solnik, inaugurates a page of humor called Bar Brazil, in Careta magazine, which has continuity in the following years at Senhor magazine. From 1988 he publishes, in the magazine Isto É, a humor column called Brazil Avenue. In both columns, Caruso draws cartoons of Brazilian personalities of the 1980s and 1990s, combining with satire and mood various moments of political history. Parallel to these design, Caruso is dedicated to musical composition and to the production of music and theater shows. In 1985, at the International Humor Exhibition of Piracicaba, he forms the band Muda Brazil Tancredo Jazz Band, featuring his brother, Claudio Paiva, Aroeira, Luis Fernando Verissimo (1936), among others. In the shows, the band plays humorous songs filled with political satire. In 1998, he released the CD Pra seu Governo (To your Government). Among the books he publishes are: The Origins of Captain Flag, 1983; Echoes of Ipiranga, 1984; Bar Brazil, 1985 and São Paulo by Paulo Caruso, in 2004.


Anúncios

Deixe um comentário | Leave a comment

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: